Alycia Debnam-Carey: de jovem promessa australiana a protagonista da TV e do cinema americano.
Postagem por: Nalígia Moura

Por Romina V. Rocha

Tudo começou quando uma jovem atriz australiana foi escalada para o papel de Lexa, Comandante dos 12 clãs dos habitantes da Terra, na série pós-apocalíptica The 100. Pouco se sabia sobre a atriz ou a personagem, que antagonizaria a protagonista Clarke Griffin. Já nos primeiros minutos em cena, todos os olhos se fixaram na jovem tímida, responsável pela comunicação dos ‘grounders’ com os prisioneiros Jaha e Kane. Quando ninguém esperava, a aparente serva se revela Comandante de todo um povo, e sua postura muda completamente. O olhar se torna penetrante, a face estoica e o brilho da atriz ofuscavam todos os colegas de cena. Assim ‘nasceu’ a Comandante Lexa aos nossos olhos. Assim o mundo tomou conhecimento de Alycia Debnam-Carey, um talento que, a cada dia, ganha mais reconhecimento no mundo da televisão e do cinema.

Mas Alycia não era estreante nas telinhas. Com uma carreira sólida na TV Australiana, a nativa de Sidney, que terminou o ensino médio com excelência acadêmica e uma graduação em percussão clássica, já era um rosto conhecido em seu país. Ela estreou no filme Martha’s new Coat, quando era ainda uma criança, e seguiu atuando em produções de sucesso local, como McLeod’s Daughter (2006), Resistance (2008), A Dream Life (2008), um filme feito para a TV, e Dance Academy, de 2011. Alycia estrelou filmes de curta metragem que tiveram grande sucesso de crítica, como Jigsaw Girl, de 2008, At the tattooist, de 2010, além do aclamado, The Branch, de 2011. Por problemas com a distribuidora, esse esperado filme não foi lançado comercialmente.

O reconhecimento começou quando Alycia Debnam-Carey participou, juntamente com cinco jovens artistas australianos, do documentário Next Stop Hollywood. No programa, dividido em seis partes, os seis jovens talentos competiam por uma chance de conseguir um papel na tv Americana. Alycia não conseguiu nenhum papel diretamente, mas participou de diversas seleções de elenco, e acabou sendo escalada para o filme Into the Storm, de 2014. Logo em seguida, ela foi a protagonista do suspense The Devil’s Hand, onde dividiu a cena com Adelaide Kane, a rainha Mary da Escócia, na bem sucedida série Reign, Thomas McDonell, o Finn de The 100, e Jennifer Carpenter, que brilhou em O Exorcismo de Emily Rose, As Branquelas e na série Dexter.

Outro sucesso de Alycia nas telonas foi Friend Request, de 2016, um aterrorizante thriller de suspense e terror, em que vemos a atriz enfrentar algo maligno simplesmente por aceitar o pedido de amizade em uma rede social.

Mas o sucesso global viria com a mencionada participação na série The 100. A princípio seriam apenas poucos episódios na segunda temporada, mas o sucesso da personagem, e a química perfeita com Eliza Taylor, protagonista da série, fizeram com que Lexa fosse confirmada por mais uma temporada. Ao mesmo tempo, rumores de que Alycia estrelaria um spin-off do sucesso The Walking Dead se tornavam cada vez mais contundentes, o que foi confirmado com a morte da querida personagem Lexa. Um dos momentos mais controversos e tristes da história recente da televisão americana, gerando comoção mundial e deixando uma legião de fãs órfãos.

Em meio à lamentação coletiva pela morte de Lexa, uma nova personagem conquistava o coração da América e dos fãs, Alicia Clark! Uma das protagonistas de Fear the Walking Dead, Alicia vem crescendo a cada temporada, enfrentando tragédias pessoais e lutando pela sobrevivência. Ela encerrou a quarta temporada como a única remanescente do elenco original, e a verdadeira protagonista da série derivada de The Walking Dead.

A grande expectativa agora é pelo lançamento do filme A Violent Separation, que deve chegar aos cinemas no próximo mês. O filme conta a história do relacionamento de um jovem delegado em uma cidade do interior, que acaba encobrindo um crime, cometido por seu irmão, enquanto se envolve romanticamente com a irmã mais nova da vítima, personagem de Alycia. A Violent Separation foge um do estilo das produções que a atriz estrelou no cinema até o momento, filmes de ação, como Into the Storm, e suspenses aterrorizantes, como The Devil’s hand e Friend Request.

O sucesso de Alycia Debnam-Carey nas produções para a televisão parece estar garantido a ela uma transição segura e consciente para o cinema, proporcionando uma maior diversidade de papéis e confirmando o talento dessa jovem atriz, que seguramente está destinada ao estrelato.