No dia 31 de agosto, Alycia compareceu ao evento da marca de roupas italiana Miu Miu chamado “Women’s Tales”. O evento é uma campanha que consiste em curtas-metragens produzidas em conjunto com diretoras de alto nível.

Confira as fotos em HQ da atriz no evento:

venicefest_28129.jpg
venicefest_28229.jpg
venicefest_28329.jpg
venicefest_28429.jpg

 

Quer fazer parte da nossa equipe? O ADCBR está com vagas abertas para você que quer se juntar à nós.

Saiba mais sobre as vagas disponíveis e como enviar a sua ficha de inscrição:

Newsposter: Responsável por postar as notícias no site. É importante saber usar o WordPress. (1 vaga)

Tradutor/Legender: Responsável por traduzir e legendar vídeos. (2 vagas)

 

Tem interesse em alguma das vagas acima? Preencha o formulário abaixo e nos envie por email (debnamcareybr@hotmail.com), com o assunto “Vagas para a equipe”.

  • Nome:
  • Idade:
  • Cidade/Estado:
  • Qual vaga você tem interesse?
  • Nível de inglês:
  • Tempo disponível (horas por dia e quantos dias por semana):
  • Já fez ou faz parte de algum outro fã site?
  • Algum conhecimento extra que possa ajudar ao site?
  • Por que você gostaria de entrar para a equipe do ADCBR?

Nos envie as respostas e iremos avaliar.

 

Esteja ciente de que somos um fã-site sério e não será tolerado falta de compromisso, sobretudo tenha total certeza de que cumprirá sua função. Somos um site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.

Hoje (13 de Agosto), Alycia Debnam-Carey foi fotografada com sua amiga Laura Harrier, em Tulum beach, no México. A atriz parece está curtindo bastante a praia durante esse último fim de semana.

Confiram as fotos em HQ clicando nas miniaturas abaixo:

alyciadebnam_lauraharrier_picturepub_007.jpg
alyciadebnam_lauraharrier_picturepub_008.jpg
alyciadebnam_lauraharrier_picturepub_009.jpg
alyciadebnam_lauraharrier_picturepub_010.jpg

 

Fonte das imagens

Durante essa última semana, esteve acontecendo a San Diego Comic Con 2017, o grande evento anual que reúne elencos de séries e filmes para divulgações e entretenimento com os fãs.

Fear The Walking Dead participou do evento pela terceira vez e o painel foi realizado no dia 21 de Julho, Alycia esteve presente novamente esse ano durante três dias de evento realizando entrevistas, sessão de autógrafos e mais, junto com seus colegas de elenco da série. Confiram as fotos clicando nas miniaturas abaixo:

 

Dia 20 – Portrait em HQ do elenco:

SDCC2017-portrait.jpg

Dia 21 – Painel:

sdcc4.jpg
sdcc5.jpg
sdcc6.jpg
sdcc7.jpg
sdcc8.jpg

 

IMDboat:

IMDboat001.jpg
IMDboat002.jpg
IMDboat003.jpg
IMDboat004.jpg
IMDboat005.jpg

 

No evento:

SDCC2017-001.jpg
SDCC2017-002.jpg
SDCC2017-003.jpg

 

Dia 22 – Sessão de autógrafos: 

SDCC2017-autografos2.jpg
SDCC2017-autografos3.jpg
SDCC2017-autografos4.jpg
SDCC2017-autografos5.jpg
SDCC2017-autografos6.jpg

 

Confiram as entrevistas (vídeos) legendadas logo abaixo: 


Atualizaremos esse post com todas as entrevistas legendadas + painel do evento, em breve.

AUSTIN, Texas – Entrando na terceira temporada de ‘Fear The Walking Dead’,

Alicia Clark, interpretada por Alycia Debnam-Carey, já passou por momentos muito difíceis. No período de alguns dias na série, Alicia tirou sua primeira vida humana para proteger Travis no final da segunda temporada. Pouco depois, na estreia da terceira temporada, ela vê Travis cair de um helicóptero até sua morte, por conta de uma bala perdida aparentemente fatal. Então, provavelmente é um eufemismo dizer que a Alicia está passando por uns problemas sérios.

Em uma entrevista com imprensa após o painel de ‘Fear The Walking Dead’ no ATX Television Festival no domingo (11), Debnam-Carey disse que estava ansiosa para ver seu personagem evoluir a partir dessas duas experiências

muito traumáticas. “Para Alycia, com Y, eu, foi ótimo” disse ela. “Eu adorei que estivéssemos vendo a aceleração desse personagem em um período de tempo muito rápido. Foi de repente, ela ficou abrigada, penso eu, por um longo tempo. Muitas vezes ela está na sombra de Nick, de Madison, até certo ponto. Ela finalmente está sendo confrontada com algumas experiências traumáticas e depois tem que crescer com tudo isso”. Dirigindo-se ao terceiro episódio da terceira temporada, ‘Teotwawki’, Alicia e a família Clark estão se instalando no Broke Jaw Ranch. Este refúgio pós-apocalíptico é tentador na superfície: foi criado por um “preparador para o dia do Juízo Final” e, sem dúvida, é a comunidade mais bem equipada que vimos no universo de The Walking Dead. Mas Madison está trocando farpas com o líder da comunidade, Jeremiah Otto, depois que sua família foi quase morta por seu filho, Troy. (Madison, não por nada, cavou uma colher no olho de Troy, no que se tornou um uso icônico de um escudo humano na televisão).

Apesar desta tensão no rancho, Alicia conhece os adolescentes de sua idade em ‘Teotwawki’ sob a aparência do “estudo bíblico”. As aspas são necessárias, porque os “estudantes da Bíblia” ficam em um abrigo – como uma versão distópica do círculo de That 70’s Show – relaxando com uma cabeça de zumbi decapitada, mas ainda animada, chamada Jeff. “A Alicia está tentando aproveitar ao máximo,” disse Debnam-Carey, sobre seu personagem no Broke Jaw Ranch. “Ela passou por tantas coisas que agora faz bem a ela estar com pessoas de sua idade e talvez tentando preencher o vazio do que sua vida poderia ter sido antes de tudo. As experiências que ela provavelmente deveria ter.”

Uma peculiaridade do personagem de Debnam-Carey que a atriz lutou, que ainda está presente na terceira temporada: a faca de Alicia. O canivete deveria fazer uma saída na segunda temporada, mas Debnam-Carey fez campanha com sucesso para manter a arma com Alicia. Ela disse que gosta da ideia de que a peça se torne sinônimo de seu personagem, semelhante a Michonne e sua katana ou Negan e seu taco em The Walking Dead. “Eles escreveram a saída do canivete e depois eu pedi para que ele voltasse, porque eu queria que ele se tornasse mais conectado a ela, e também achei que era hora dela começar a carregar o poder, ou ter algum tipo de defesa que não fosse ‘apenas Madison’”, ela explicou. “Eu acho que [Madison] sempre foi a força da proteção, e uma mudança agradável para ela era começar lentamente a fazer suas próprias escolhas – e essa era uma delas. Isso funcionou muito bem”.

Enquanto Debnam-Carey permaneceu calada sobre detalhes da nova temporada – e compreensivelmente, mesmo que a produtora executiva Gale Anne Hurd não estivesse sentada diretamente a seu lado – ela deu alguns palpites sobre seu episódio favorito da terceira temporada como uma experiência difícil e cansativa. “Acabei de gravá-lo,” disse ela. “Está mais longe de ir ao ar, então eu não posso falar sobre isso. Foi cansativo, é o que vou dizer, mas ótimo. Tem sido uma temporada dinâmica. Tivemos tantos episódios ótimos.”

A terceira temporada de Fear The Walking Dead vai ao ar aos domingos, na AMC.

Tradução e Adaptação, Beatriz Lima – ADCBR.

Fonte:

Se você assiste ‘Fear The Walking Dead’, então, você está ciente do foco na fronteira mexicana e a coincidência com o que está acontecendo na vida real. Em uma entrevista com HollywoodLife.com, Alycia explica o paralelo ‘interessante’ na série.

Alycia Debnam-Carey, de 23 anos, sentou-se com HollywoodLife.com no ATX Festival em Austin, Texas, para discutir todas as coisas sobre Fear The Walking Dead em junho de 2017. Não pudemos deixar de perguntar sobre o foco contínuo da série na fronteira mexicana, e o quanto reflete no atual clima político entre o país e os Estados Unidos. “Esta temporada tem vários momentos reflexivos sobre o clima econômico e social atual nos EUA”, disse Alycia a HollywoodLife.com. “Não foi planejado ou proposital, mas é inevitável que essas coisas entrem e saiam. No momento acontece, e é bastante relevante.” Com certeza!

A atriz que interpreta Alicia Clark na série também compartilhou que a fronteira acrescenta muita diversidade às histórias que eles estão contando. “Há alguns grupos interessantes que encontramos que possuem ideologias diferentes, diferentes origens”, acrescentou Alycia. “[Isso] realmente vai ser interessante para ver como as pessoas respondem”. A produtora executiva, Gale Anne Hurd, também esteve presente para a entrevista da HollywoodLife e explicou que o drama da fronteira na série realmente contribui para a história que eles estão tentando contar. “Sempre há um monte de drama em qualquer fronteira, e isso sempre foi o caso desta fronteira”, explicou Gale. “Sempre que você tiver esses tipos de conflitos, ambos os lados acreditam que estão certos. É ótimo ver esses grupos e essas filosofias colidirem. E ter a abertura criativa para explorar isso.”

No caso de você não estar atualizado em Fear The Walking Dead, a segunda temporada levou a família Clark de Los Angeles, na Califórnia, ao México, com esperança de encontrar refúgio. Eles estavam abaixo da fronteira até o final da segunda temporada quando fizeram uma tentativa desesperada de voltar para o solo americano, o que os levou a mais problemas do que jamais poderiam ter imaginado.

Tradução e Adaptação, Marina Brancher – ADCBR.

Fonte: