Alycia sobre como é trabalhar em uma série de TV
Postagem por: Nalígia Moura

Hoje (22) o site da revista Vogue Austrália, publicou essa entrevista com a Alycia, onde ela fala como é trabalhar em séries de TV. Confiram a entrevista traduzida logo abaixo:

Sobre a forma como ela memoriza um script …

“Você realmente não aprende elas por script completo. Geralmente com algo como The 100, porque você está trabalhando muito e todos os dias e eles vão mudar as correntes de ar muito rapidamente, nós vamos passar por talvez 12 versões diferentes da mesma cena mais de uma semana. Portanto, não há nenhum ponto em aprende-lo em uma terça-feira, quando em uma quinta-feira poderia ser completamente diferente. Então, sua melhor aposta é a de aprender na quarta-feira, no entanto, que é quando o processo como um ator vem para interpretar, fazendo o trabalho de antemão, por isso, se você tem o fim de semana fora de você ir através do script e cortá-la para fora, dissecar para fora, e descobrir o que você está realmente fazendo, de modo que quando se trata de aprender é mais fácil. Minha memória de curto prazo ficou muito melhor, mas isso significa que eu esqueço as coisas muito mais rápido!”

Sobre a forma como ela se compara em trabalhar em um filme…

“O filme é muito diferente. Você tem todo o roteiro em sua totalidade e você tem um par de semanas para aprender diferentes cenas, realmente passar por cima deles e ensaia-los para que quando chegar a eles você estará  mais desenvolvida. Mas programas de TV são mais difíceis.”

Nas longas horas…

“Elas são muito, muito, muito longas. Não é sempre sobre a si mesmo, mas o tempo de viagem de trabalho e se preparando. Depois de adicionar tudo, nele há muito mais tempo, mas, em seguida, se você vai ao longo do tempo por meia hora ou uma hora, você pode encontrar-se tendo trabalhado durante 15 horas. Um dia de 12 horas é padrão, mas uma vez que se acrescenta que você está exausto.”

Sobre as diferenças entre trabalhar em The 100 e Fear The Walking Dead…

“The 100 me deu esta plataforma eu nunca esperava. Eu não esperava que o personagem fosse se tornar qualquer coisa. Eu estava inicialmente escrita apenas para fazer seis episódios e, em seguida, se tornou uma espécie de história e jornada incrível com esse personagem, uma grande jornada de modo que tem sido incrível e eu não esperava nada dele. Fear The Walking Dead tem sido incrível, porque embora eu estivesse lá desde o início e isso é uma sensação totalmente diferente de familiaridade e família e de conexão com as pessoas.”

Sobre se ela assiste qualquer um de seus programas de televisão…

“Não nunca! Eu sempre estive em um avião. Houve realmente um tempo em que eu estava fazendo pedaços de cenas para ambos os shows, então eu estava voando de volta de Los Angeles para Vancouver em todos os lugares. The 100 é em Vancouver”

Sobre se ela sabe ou não o que está acontecendo com seus personagens…

“Você simplesmente não sabe às vezes!”

Tradução e Adaptação ADCBR .

Fonte