ALYCIA CONCEDE ENTREVISTA PARA AMC
Postagem por: Nalígia Moura

Alycia concedeu uma entrevista para a AMC falando da serie Fear the Walking Dead e sobre o que está por vir nos próximos capítulos. Confira a entrevista completa logo abaixo:

Além de compartilhar um nome, você encontrou quaisquer outras semelhanças entre você e seu personagem?

O que eu acho que ela tirou de mim algumas qualidades. Ela cuida e ama, mas há uma resistência  e ela é flexível. Eu gostaria de pensar que eu sou um pouco assim.

Como foi a experiência de retratar a perspectiva de um adolescente ao longo de tudo isso? Além de trabalhos de casa e de aceitação da faculdade de letras, agora você tem que se preocupar com a sua data de formatura e alguém  querendo comer o seu cérebro …

Eu acho que é essa oportunidade incrível e é um ótimo novo elemento para o show. É uma posição tão singular para se estar. Você tem tudo para olhar para frente e isso é uma das coisas mais tristes sobre Alicia. Ela tem muito a perder, porque ela tinha muito a ganhar. O personagem de Nick é completamente o oposto. Foi difícil porque houve momentos no script onde eu pensei: “Isso é uma coisa tão errada de  dizer!” Como um adolescente, que é a sua vida. Ou é todo o drama ou tédio completo.

Aliciaa gosta muito de seu namorado, Matt. Qual é a desvantagem de ser uma jovem apaixonada durante um apocalipse?

A: Sim, esta é uma posição perigosa de se colocar no [Risos] É uma faca de dois gumes, porque você precisa encontrar pessoas que você ama neste mundo para tornar a vida um pouco bonita de novo, mas isso também significa que você não pode proteger. eles o tempo todo. Tendo esses anexos pra fazer de você o alvo perfeito para carnificina emocional.

Alicia não está ciente do que está acontecendo em primeiro lugar. Você gostaria de ser protegida por sua família como ela, ou você acha que é melhor  saber o que está acontecendo?

Eu gostaria de saber, com certeza. Eu não sou uma adolescente, então eu sinto que meus pais não seriam capazes de esconder essa informação de mim. Eu acho que é importante para todos saber o que está acontecendo em algum ponto. Se não o fizesse, isso provavelmente significa que eu seria morta mais rápido. Eu quero muito uma chance que eu possa começar! [Risos]

No final do episódio 3, os militares aparecem. Será que você confia neles se você fosse Alicia?

Quem vai dizer que eles estão fazendo bem e estão aqui para você? Uma vez que a civilização termina, eles não têm qualquer razão para continuar a ajudar outras pessoas, porque não há mais  nenhum benefício . Quando algo ruim acontece, é como um efeito dominó. Tudo cai … Isso vale para todos. De repente, você não pode confiar em todos.

Seu personagem estava embalando seus headphones quando sua família estava fugindo para o deserto. Qual seria primeira coisa que você embalaria?

A música seria uma grande coisa para mim, mas que não iria durar muito tempo. Eu provavelmente escolheria algo sentimental e de valor, como uma fotografia ou um colar. Todo o resto não significa nada nesse mundo.

 Você acha que Travis fez a escolha certa deixando  Salazar entrar  para a sua casa?

A: Eu não acredito que Alicia acha que Travis está fazendo escolhas ruins. [Risos] Ela é confusa porque ele está na casa de qualquer maneira, e agora ele está chamando todos os tiros e deixando outras pessoas entrarem. Há uma crise, embora,  ele esteja sendo um ser humano generoso.

Você é australiana. Você prefere ser pres durante no apocalipse na Austrália ou em Los Angeles? Quais são alguns dos prós e contras de cada um?

Definitivamente Austrália. Se houver qualquer porto seguro neste planeta, a Austrália é na corrida. Estamos tão isolados. Há ambientes agressivos, mas uma vez que você viveu lá, você sabe como lidar. Em LA, você só conhece a comunidade e essa é a primeira coisa que cai e seria difícil de ajustar. Além disso, com o vírus, boa sorte para conseguir ir para a Austrália! [Risos] Nós estamos tão longe de todos.

 Você acha que o apocalipse é mais assustador nos estágios iniciais ou nas fases posteriores? Existe esperança no início?

Eu acho que a fase inicial é mais assustadora. Você não sabe nada do que está acontecendo e de repente você fica tipo, “Espere, eu tenho que matar esta pessoa? Eu tomei café com ela ontem. Eles são apenas doentes, com certeza. “Isso foi difícil de filmar, também, porque nós estávamos tentando descobrircomo não antecipar coisas. Sabemos o que que está por vir, mas esses personagens não têm ideia.

Tradução e Adaptação ADCBR